Fabio Baptista
Fabio Baptista
Fabio Baptista 
  • Marco Piscies

Crônica: Impaciência


Os pés andavam automáticos pelo corredor do prédio, olhos no celular, mente em outro lugar.

Chegou às portas dos elevadores, onde três outras pessoas esperavam a chegada da caixa de metal. Na parede, o botão de chamada emanava a luz vermelha: já havia sido apertado.

O homem - terno, sapatos polidos e cabelo bem penteado - olhou a luz vermelha e as horas no celular, percebendo que estava atrasado. Andou prontamente até o botão de chamada do elevador e apertou-o uma segunda vez. E uma terceira. A luz vermelha manteve-se acesa, sem esboçar reação.

Satisfeito, o homem voltou à fila, pensando consigo mesmo:

"Agora sim essa merda vai chegar"

#Crônica #Impaciência

7 visualizações