Fabio Baptista
Fabio Baptista 
Fabio Baptista

Crônica: Quem era ele?

21/09/2016

Foto por Artis Rams (Flikr/artisrams)

 

 

Eu passava em frente a 73ª delegacia policial de São Gonçalo, onde uma mulher gesticulava de certa forma ríspida para um senhor de idade com olhar perdido e cabisbaixo. Como bom cidadão, não parei para ouvir a discussão unilateral mas, ao passar por perto, pude capturar algumas sentenças:

 

"Ele está muito chateado com você. Muito mesmo. Ele é o seu filho, e você esqueceu quem ele é. Você esqueceu!"

 

A voz da mulher sumiu na distância ao passo que eu virava a esquina, mas as frases ecoavam em minha mente. O senhor esquecera do próprio filho. Alzheimer? Muito provavelmente. É comum pessoas com Alzheimer acabarem em delegacias, encontradas por terceiros, esperando o resgate de um membro da família. Mas se esquecera do próprio filho, lembrava-se dela? Quem era ela, afinal? Sua nora? Sua filha?

 

Se esqueceu do próprio filho, do que de fato lembrava? De tempos antigos? Da sua adolescência? 

 

Lembrava-se de si mesmo?

 

Imagino acordar em um corpo que não meu, na delegacia, onde uma mulher esbraveja palavras desconexas para mim. Irritada, ela fala de um filho que nunca tive e de esquecimentos. Quem é esta mulher? Que grosseria. Quero revidar, gesticular também, meter a mão na cara dela. Mas meu corpo é cansado e não responde. Tudo é lento demais. Onde estou, afinal?

 

Quem sou eu, afinal?

Please reload

Posts Em Destaque

Review: A Roda do Tempo livro 1: O Olho do Mundo

29/11/2017

1/3
Please reload

Posts Recentes

April 29, 2019

February 3, 2019

July 6, 2017

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags